Caça Menor      

 

 

E a turma do corso?  10-09-2009 4:13:53 Escrito por hernethehunter  (28 Respostas)  

 

Confrade Sérgio,  10-09-2009 9:51:42 Resposta por Luis Paiva   

 

La caza a diente  10-09-2009 12:08:42 Resposta por Lcolteux   

 

Corso  10-09-2009 12:40:41 Resposta por Pedro Jorge   

 

Corso??  10-09-2009 12:43:33 Resposta por Agostinho Beça   

 

Bem visto...  10-09-2009 13:43:39 Resposta por Pedro Jorge   

 

Bem auvservado!  11-09-2009 14:37:03 Resposta por joaoacabado   

 

Confrade Lcolteaux  11-09-2009 14:33:29 Resposta por joaoacabado   

 

Uma bela modalidade e tradição  10-09-2009 12:44:22 Resposta por MIGUEL PEREIRA   

 

Corso e Corço  10-09-2009 13:44:00 Resposta por Luis Paiva   

 

Vamos lá a ver como anda a minha história ...  10-09-2009 15:46:41 Resposta por Luis Paiva   

 

Os Confrades Lcouteux e Luís me intrigaram...  10-09-2009 16:17:31 Resposta por hernethehunter   

 

Elegante  10-09-2009 16:57:01 Resposta por Luis Paiva   

 

De facto!  11-09-2009 14:49:30 Resposta por joaoacabado   

 

Mais uma achega... literária...  10-09-2009 18:34:21 Resposta por Pedro Jorge   

 

Quentin Durward  11-09-2009 12:01:50 Resposta por Luis Paiva   

 

Pare, pare...  11-09-2009 12:43:27 Resposta por Pedro Jorge   

 

libros  11-09-2009 13:24:17 Resposta por Lcolteux   

 

Meus livros favoritos...  11-09-2009 19:00:16 Resposta por hernethehunter   

 

Caça de corso  10-09-2009 16:56:16 Resposta por Agostinho Beça   

 

Caça de corso - correr o veado  10-09-2009 17:45:39 Resposta por Almeida Alves   

 

Westley Richards, garruchas e... mais corso  10-09-2009 19:08:51 Resposta por hernethehunter   

 

Outra foto: perseguindo lebres inocentes...  10-09-2009 19:22:46 Resposta por hernethehunter   

 

Sítio bonito!  11-09-2009 16:21:49 Resposta por joaoacabado   

 

425 WR - detalhando então ...  11-09-2009 10:54:38 Resposta por Luis Paiva   

 

Pois acertei no palpite íntimo...  11-09-2009 19:08:34 Resposta por hernethehunter   

 

Confrade  11-09-2009 15:13:37 Resposta por joaoacabado   

 

Confrade Almeida Alves  11-09-2009 15:06:53 Resposta por joaoacabado   

 

Acredito que sim  14-09-2009 13:32:31 Resposta por Almeida Alves   

 


Westley Richards, garruchas e... mais corso 

Visualizações 855

hernethehunter  10-09-2009 19:08:51
 
 

Caros Confrades:

Eu mesmo deixei de comprar uma Westley Richards .450 double por pura cobiça: pertencia a um conhecido meu que a herdara do avô, um engenheiro inglês que trabalhou na Mina de Morro Velho, pertencente à mesma empresa que me empregou como engenheiro. Ele pediu a ridícula quantia de US$ 1.500,00 e eu procrastinei; enquanto isso, a avó dele “chamou-o na responsabilidade” e ele desistiu de vender.
Antes do malfadado Estatuto do Desarmamento se achava alguma coisa dessas por aqui, de vez em quando.
Gostaria de saber quem fez a W. R. por aqui; conheço dois armeiros de São Paulo, um muito bom e o outro sofrível. Aposto no primeiro...
As “garruchas de salva” do corso dão lindas peças de coleção; eram feitas na Espanha ou na Bélgica e lindamente decoradas, creio que unicamente para o mercado brasileiro. Todas eram de carregar pela boca, porque normalmente eram carregadas só com a pólvora, como eu disse.
Aqui está um (mau) exemplo, bem coçadinha:
http://2.bp.blogspot.com/_Yv5Oi-iV5JU/SGFWrnSI1SI/AAAAAAAAAiY/Z0vUK9XqjHg/s320/Garrucha_Pistola.jpg
Tenho um amigo que tem uma espanhola linda e recentemente restaurada, com os fechos em ouro; tentarei fotografar.
Na caça à raposa é raríssimo os cães alcançarem a presa; de umas cinqüenta caçadas que participei, isso aconteceu uma única vez. O mais comum é a raposa se entocar, e na Irlanda a partir daí a condenação ou a absolvição fica com o dono das terras onde ela se entocou. Geralmente são “absolvidas”, só vi fazerem questão de matar umas quatro vezes. Nas terras públicas, a “absolvição” é automática.
Já na Inglaterra a “sentença de morte” é obrigatória; uma vez que a raposa entre na toca vem o “terrier man” com seus Jack Russell, solta um dentro da toca e mete lá dentro um braço protegido por uma luva de couro (ou usa uma pá e um trado). Depois que a raposa é puxada pelo pescoço, uma boa pedrada na cabeça acaba com o sofrimento dela; isso antes da última lei, que baniu essa prática e que só permite o abate a tiro. Deve ser por isso que a caça na Inglaterra sempre enfrentou maior oposição do que na Irlanda.
Nas caçadas de veado brasileiras as mortes eram raras; só os velhos e fracos eram alcançados pelos cães. Nunca vi um remate à faca; o mais comum era dar um tiro de misericórdia e então sangrar o bicho.
Foi na caça de corso que ouvi da minha saudosa amiga Charlotte Hatch aquela frase inesquecível:
“Caçar é como namorar; a graça está na perseguição. Depois só sobra uma carcaça velha ou um troféu apodrecendo no canto da sala”.
Aplica-se ao casamento ou não?
Abraços do,
Sérgio.

 
                                >> Responder