Caça Menor      

 

 

O agarre, deve fazer parte da montaria ou não?  22-09-2009 21:28:39 Escrito por paulo farinha  (31 Respostas)  

 

Ora vivam! Fartaram-se de falar nas minhas costas!  22-09-2009 22:50:06 Resposta por António Luiz Pacheco   

 

Boa noite a todos!  23-09-2009 0:05:02 Resposta por joaoacabado   

 

Claro que deve  22-09-2009 23:48:28 Resposta por MIGUEL PEREIRA   

 

Eu até acho que o agarre ...  23-09-2009 16:54:34 Resposta por Luis Paiva   

 

Confrade Paulo Farinha  23-09-2009 0:13:37 Resposta por joaoacabado   

 

Confrade João Acabado.  23-09-2009 10:38:51 Resposta por paulo farinha   

 

Confrade Paulo Farinha  23-09-2009 11:30:58 Resposta por joaoacabado   

 

O abraço!  23-09-2009 11:33:18 Resposta por joaoacabado   

 

Confrades  23-09-2009 11:23:40 Resposta por joaoacabado   

 

Confrade não se desculpe...  23-09-2009 12:04:45 Resposta por paulo farinha   

 

O remate que não fiz!  23-09-2009 23:06:38 Resposta por felix   

 

eu...  23-09-2009 23:58:20 Resposta por Pedro Jorge   

 

BONS AGARRES  24-09-2009 3:00:24 Resposta por Rui Perpetua   

 

Antológica!  24-09-2009 3:29:16 Resposta por hernethehunter   

 

Confrade Rui Perpetua...  24-09-2009 10:31:41 Resposta por paulo farinha   

 

uma palavra aos matilheiros  24-09-2009 11:43:45 Resposta por jatevarei   

 

Excepção  25-09-2009 15:30:30 Resposta por Delgado   

 

Excepção  25-09-2009 15:41:41 Resposta por Delgado   

 

pode ter a certeza  25-09-2009 15:48:26 Resposta por jatevarei   

 

matilha brinca?  25-09-2009 16:00:30 Resposta por r_martins   

 

matilha brinca?  25-09-2009 16:00:32 Resposta por r_martins   

 

matilha brinca  25-09-2009 16:33:50 Resposta por jatevarei   

 

Matilha do Brinca...  27-09-2009 12:49:31 Resposta por António Luiz Pacheco   

 

Confrades Paulo farinha e Rui Perpetua  24-09-2009 16:00:03 Resposta por cgoncalves   

 

Confrade cgonçalves...  24-09-2009 16:10:52 Resposta por paulo farinha   

 

O confrade Prepétua sabe do riscado...  24-09-2009 11:58:16 Resposta por joaoacabado   

 

não me ajeito com este teclado,peço desculpa  25-09-2009 14:46:13 Resposta por Rui Perpetua   

 

sitios p caçar tordos  25-09-2009 15:30:04 Resposta por jatevarei   

 

e caçar de salto com 2 ou 3 ca~  25-09-2009 14:41:49 Resposta por Rui Perpetua   

 

Confrade Prepétua  26-09-2009 2:30:34 Resposta por joaoacabado   

 

será desta confrade Joao Acabado?  06-10-2009 1:48:38 Resposta por Rui Perpetua   

 

Belo relato nos fazes Confrade Rui Perpétua  24-10-2009 1:56:51 Resposta por António Luiz Pacheco   

 

Cada terra com o seu uso...  23-10-2009 23:44:16 Resposta por joaoacabado   

 


O agarre, deve fazer parte da montaria ou não?  

Visualizações 1191

paulo farinha  22-09-2009 21:28:39
 
 

Devemos considerar o agarre como parte integrante da montaria ou entendê-lo como um acidente a evitar?

Na minha opinião, o agarre é parte integrante da montaria, dá-lhe até mais sal e música. As matilhas sem capacidade de agarre também não têm força para desalojar os porcos que lhes façam frente e os cães que nunca mordem dificilmente terão aquela “vontade” de caçar que queremos ver no trabalho de uma matilha.

Claro que também é verdade que a função da matilha não é agarrar, mas deve ter capacidade para o acto. Procuremos matilhas equilibradas, nem força a mais nem a menos.

Hoje, os matilheiros nem sempre conhecem sequer a mancha a montear ou as caracteristicas desta, pelo que será dificil escolher a composição da matilha, que poderia ser mais “leve” ou “pesada” em função do coberto, do relevo, etc. Este é o fruto do proliferar de “matilhas” que não são mais que grupos de +/- 25 cães conduzidos por um ou dois humanos. Uma matilha não é isso, uma matilha é um grupo organizado de cães de caça em que todos têm função, sabem qual é essa função e cumprem-na com distinção, a conduzi-los estarão o seu ou seus “donos” que sabem caçar, bater e empurrar, conhecem os “tempos” da caçada, sabem quando parar e quando andar, conhecem os seus cães, virtudes e defeitos. Ainda as há, graças a Deus!

Mas a culpa não é só desses “grupos de câes”, também nas portas temos quem atire a porcos agarrados, quem corra a pau e pedra o pobre do podengo que, depois de lhe trazer o porco ou veado ao posto, cometa a imprudência de lhe meter o dente, o que seria parca recompensa para tão bom trabalho, mas não, há que o enxotar, não vá este estragar o pêlo do veado ou estragar a carne do porco.

Assim não vamos lá, acho.

A montaria deve ter todos os condimentos, se retiramos força para não agarrarem, os grandes ficarão na mancha e os cães, sem quem os defenda e ajude, pagarão uma factura alta e começarão a deixar os porcos por se saber sem apoio.

Acho que os agarres que acontecem “naturalmente” têm o seu lugar em qualquer montaria.

Ou será que os devemos retirar desta?


Cumprimentos à Confraria


Paulo Farinha Pereira

 
                                >> Responder