Caça Menor      

 

 

Formação avançada em actividade cinegética  04-03-2010 22:17:44 Escrito por luiscosta  (61 Respostas)  

 

Confrade Luís Abreu  05-03-2010 13:40:49 Resposta por joaoacabado   

 

IMFORMAÇÃO AOS FURISTAS  05-03-2010 16:16:24 Resposta por luisnovais   

 

OUTRA VEZ INCB (TAXAS)  05-03-2010 16:19:13 Resposta por luisnovais   

 

CARTA DE CAÇADOR  05-03-2010 16:32:21 Resposta por luisnovais   

 

Confrade joaoacabado  05-03-2010 16:49:28 Resposta por luiscosta   

 

Obrigado confrde Luís Abreu.  05-03-2010 20:05:24 Resposta por joaoacabado   

 

tambem acho que sim....  05-03-2010 21:10:34 Resposta por luiscosta   

 

Curso avançado de actividade cinegética  17-06-2010 16:24:27 Resposta por erresse1   

 

Confrade erresse1  17-06-2010 18:57:26 Resposta por luiscosta   

 

http://www.alladale.com/wilderness-reserve/  17-06-2010 19:54:31 Resposta por erresse1   

 

Confrade erresse1  17-06-2010 21:08:01 Resposta por luiscosta   

 

Resultado dos repovoamentos.  07-09-2010 12:11:15 Resposta por luiscosta   

 

Confrade Luís  09-09-2010 0:37:52 Resposta por joaoacabado   

 

Confrade joaoacabado.  10-09-2010 21:19:49 Resposta por luiscosta   

 

Confrade Luís Abreu  10-09-2010 22:09:24 Resposta por joaoacabado   

 

Confrade João.  10-09-2010 23:02:48 Resposta por luiscosta   

 

Confrade Abreu  10-09-2010 23:15:06 Resposta por joaoacabado   

 

Confrade Abreu  10-09-2010 23:15:38 Resposta por joaoacabado   

 

resultados mais ou menos fidedignos  09-09-2010 2:57:57 Resposta por erresse1   

 

Caro confrade erresse.  10-09-2010 21:35:30 Resposta por luiscosta   

 

Esperamos conseguir os nossos intentos...  12-09-2010 4:35:35 Resposta por erresse1   

 

Confrade erresse.  12-09-2010 21:24:34 Resposta por luiscosta   

 

''treinadores de bancada''  13-09-2010 18:17:47 Resposta por luisnovais   

 

Opinião sobre os Repovoamentos - 2010  13-09-2010 20:44:12 Resposta por erresse1   

 

Sucesso!?  13-09-2010 21:51:45 Resposta por Inácio   

 

Vou muito para esse lado...  13-09-2010 22:40:41 Resposta por joaoacabado   

 

esse lado...  14-09-2010 0:29:11 Resposta por erresse1   

 

Pois é isso mesmo...  14-09-2010 11:09:46 Resposta por joaoacabado   

 

Espero estar por cá ainda ''no tal futuro incerto''  14-09-2010 11:23:35 Resposta por erresse1   

 

pois...  14-09-2010 12:02:35 Resposta por Inácio   

 

Confrade Inácio.  14-09-2010 0:19:26 Resposta por luiscosta   

 

sinceramente Novais!  13-09-2010 22:07:35 Resposta por luiscosta   

 

Confrade Novais  13-09-2010 22:28:18 Resposta por Jaime   

 

Também gosto muito de o ver de volta  13-09-2010 22:46:09 Resposta por joaoacabado   

 

Caríssimo erresse  10-09-2010 22:03:53 Resposta por joaoacabado   

 

Em vez de tentar...  13-09-2010 23:28:14 Resposta por luiscosta   

 

ver video????  13-09-2010 23:35:53 Resposta por luiscosta   

 

talvez deste modo.  14-09-2010 0:00:23 Resposta por luiscosta   

 

talvez deste modo...  14-09-2010 0:43:37 Resposta por erresse1   

 

confrade erresse  14-09-2010 0:48:09 Resposta por luiscosta   

 

confrade erresse  14-09-2010 0:51:28 Resposta por luiscosta   

 

OK, já o estou a ver  14-09-2010 2:01:40 Resposta por erresse1   

 

Não sou “treinador de bancada”  14-09-2010 13:58:48 Resposta por luisnovais   

 

''Treinador de Bancada''...uma ova!!!  14-09-2010 15:18:26 Resposta por erresse1   

 

Parabéns confrade Luís Novais!  14-09-2010 16:39:19 Resposta por joaoacabado   

 

Não sou pessoa de protagonismos, nunca foi.  14-09-2010 16:47:37 Resposta por luisnovais   

 

Desculpe-me a falha de interpretação  14-09-2010 18:07:10 Resposta por erresse1   

 

Lamentavel Novais, pois  14-09-2010 22:21:15 Resposta por luiscosta   

 

Só mais uma coisa Novais.  15-09-2010 0:05:41 Resposta por luiscosta   

 

Sr. Luís Abreu  15-09-2010 10:34:39 Resposta por luisnovais   

 

ò minha gente!!!  15-09-2010 11:55:49 Resposta por erresse1   

 

Com tal ideia formada...  15-09-2010 15:21:16 Resposta por luiscosta   

 

Confrade Luis Abreu  15-09-2010 16:22:14 Resposta por luisnovais   

 

Ó meus amigos...  15-09-2010 16:47:41 Resposta por Filipe Domingos   

 

Realmente....  15-09-2010 18:51:19 Resposta por alectorisrufa   

 

Vão beber umas imperiais  15-09-2010 22:48:35 Resposta por Jaime   

 

Peço desculpa por ...  22-09-2010 1:50:52 Resposta por luiscosta   

 

Pedir Perdão...  22-09-2010 4:45:36 Resposta por erresse1   

 

Público e privado  22-09-2010 10:03:13 Resposta por Luis Paiva   

 

razão perdida  22-09-2010 11:33:41 Resposta por joaquimsoares   

 

Desculpem, mas foi...  22-09-2010 13:42:01 Resposta por luiscosta   

 

Confrade Luis Abreu,  22-09-2010 20:03:16 Resposta por Jaime   

 


Opinião sobre os Repovoamentos - 2010 

Visualizações 600

erresse1  13-09-2010 20:44:12
 
 

Caro Confrade Luis Novais

Não pretendendo com isto acicatar quaisquer diferenças de opinião entre Confrades, e ainda por cima com a proximidade que se nota da sua reacção, pelo contrário, é sempre melhor apaziguá-las, pois "é a conversar que a gente se TEM que se entender", julgo de todo o interesse que permaneça comentando o que ache por bem, pelo menos pela parte que me toca, já tive consigo algumas "discussões" que julgo proveitosas para ambos e para os que nelas quiseram entrar dando as respectivas achegas.

A Gestão Cinegética, não sendo uma ciência exacta, tampouco tem os mesmos resultados usando os mesmos métodos em qualquer terreno, daí ser tão controversa no que se refere a métodos a utilizar.

No caso presente (que não tenho o prazer de conhecer) em 6000ha, provavelmente, será necessário aplicar até três ou mais métodos distintos, digo eu, pelo que já experimentei.

Com o que posso contribuir é com o resultado de algumas experiências feitas por mim numa ZCT com 7000ha junto da Serra D'Ossa, e noutra menos vasta mas na Serra de Aracena, onde existiam todo o tipo de habitats.

Naturalmente vocacionados para as diversas espécies, e daí, uma das conclusões que tirei foi que repovoar de perdizes um ambiente de serra é extremamente difícil e os resultados só ocorrem pela persistência e pelo dito condicionamento do habitat a que me referi, concretamente, pela criação de zonas de defesa, utilizando-as simultâneamente como locais de ambientação e solta de indivíduos para repovoamento, e, invariávelmente limitar os abates firmemente, anos seguidos, e mesmo assim, nunca se atinje um capital cinegético confortável.

A vantagem que tive é que nessas ZC's existia alguma caça natural, das várias espécies de caça menor, e um baixo número de proprietários (10), e sendo todos caçadores, muito fácilmente perceberam os métodos a utilizar bem como a necessidade de agirem de determinada maneira nas suas prácticas agrícolas habituais, o que presumo no vosso caso seja um tremendo quebra-cabeças e um objectivo quase inalcançável.

Devo-lhe dizer também que o método que defende, me deu muito bons resultados, mas, em zonas de vinha com rega gota-a-gota (proibido lá caçar) e em zona de orografia quase plana, existindo zonas de pasto de igual dimensão entre as vinhas, e água com fartura.

Utilizei generalizadamente os inúmeros bebedouros artificiais para lhes prover anti-parasitários, desinfectantes e complexos vitamínicos.

Evidentemente que ninguém "acha graça" a perdizes anilhadas, mas tratando-se de uma ZCA, deveria ser fácilmente aceite pelos sócios essa anilhagem.
Há porém processos de marcação alternativos, de "etiquetagem" por baixo da asa, que permitem vencer essa "aversão" à anilhagem, porém algum dos métodos de marcação tem que se usar, sob pena de não podermos aferir dos resultados exclusivamente através de censos por via do estudo dos transectos, e de nos ser permitido concluir sobre a percentagem de "naturais" abatidas durante as jornadas de caça, e de seguir a evolução da proporcionalidade entre ambos tipos.

Regra geral, e mercê de sermos mais "papistas que o papa", a qualidade genética provida pelos nossos criadores é de um elevadíssimo grau de pureza, porém, deve sempre exigir-se o comprovativo, como dizia o spot publicitário, "para mais tarde recordar".

Aliás as "mortes na jaula" que sempre ocorrem, são exactamente sintoma disso, e devemos estar mentalizados para uma taxa mínima de 5% de percas logo aí entre o transporte e alojamento nos locais de ambientação, as restantes vêm pelos predadores, pela saída dos limites da ZC mercê dos desalojamentos provocados por um sem número de factores, até climáticos e orográficos, etc... .

Na minha experiência, um resultado global de sucesso na ordem dos 50% de repovoamento, é um "must", e raramente lhe cheguei perto, mas não desdenho que alguém os tenha muito superiores, e os resultados que o nosso Confrade Luis Abreu divulgou foram para mim uma surpresa, mas, mais pelo lado da "inveja", digamos assim.

Não o fiz por óbvias razões, e porque o Confrade João Acabado entretanto perguntou, inocentemente claro, sobre as técnicas e métodos utilizados tanto para repovoamento como para controle da respectiva eficácia, que seria talvez interessante aqui vermos descritos, claro que, se os responsáveis pelos mesmos os quiserem revelar, pois é ingrato fazê-lo perante uma audiência alargada e sem noção do terreno em causa e das suas especificidades.

Creio eu que, na época que atravessamos, será talvez mais interessante debruçarmo-nos essencialmente sobre técnicas e métodos de gestão e incremento de espécies cinegéticas do que própriamente sobre a respectiva caça, mas esta é apenas uma opinião, uma preferência e uma paixão pessoal, nada mais.

Um abraço, e cá fico na expectativa dos seus comentários, com todo o interesse.



 
                                >> Responder