Caça Menor      

 

 

Montaria da Herdade do Barroco de 23/Out/2010  24-10-2010 19:38:28 Escrito por Henrique_Fernandes  (8 Respostas)  

 

Pseudo-Montarias  24-10-2010 21:50:02 Resposta por 119249   

 

Montaria da Herdade do Barroco  25-10-2010 4:37:27 Resposta por TONI VIEGAS   

 

Porra  25-10-2010 13:31:37 Resposta por Mdiduarte   

 

Porra  25-10-2010 13:35:22 Resposta por Mdiduarte   

 

Jorge Pestana  20-12-2010 15:16:48 Resposta por papaleta   

 

A ''fraude'' do Sr. Jorge Pestana  25-10-2010 6:35:17 Resposta por TONI VIEGAS   

 

Caros confrades…  25-10-2010 9:14:54 Resposta por jffs-B52   

 

pestana vigarista...  25-10-2010 13:44:27 Resposta por velhomurtigao   

 


Montaria da Herdade do Barroco de 23/Out/2010 

Visualizações 1372

Henrique_Fernandes  24-10-2010 19:38:28
 
 

Participei, com um colega monteiro, na montaria da herdade do Barroco, em S. Marcos do Campo, no passado dia 23 de Outubro de 2010 e "organizada" pelo Sr. Jorge Pestana.
O que me levou a participar na referida montaria foi:
a) Ter tido conhecimento dela por intermédio do Portal de Santo Huberto, que reputava (e continuo a considerar) como fidedigno;
b) ter lido o relato feito pelo sr. Nelson Cadavez, relativo a montaria realizada no mesmo local no ano passado;
c) As diversas conversas telefónicas tidas com Jorge Pestana e as afirmações que produziu durante as mesmas sobre as prespectivas que tinha, sobre o número de reses existentes na mancha. Pasme-se que chegou a aconselhar com veemência levar "no mínimo 40 munições", tantos os tiros que seriam dados!
Convém acrescentar que cada porta custou 400€.
Descontando os exageros naturais em quem pretende vender um produto, mesmo assim, pareceu-me estarem reunidas as condições para para participar numa agradável jornada de caça.
Rumamos ao Alentejo - eu e o meu colega. Na reunião para o "taco" começamos por ficar surpreendidos pelo facto do tal Jorge Pestana não dar a cara, embora nos identificassem um individuo que por lá andava - por sinal, bajulando o sr Cadavez que também estava presente - como sendo o Jorge Pestana. A organização começou a deixar muito a desejar: não foi fornecido a nenhum monteiro uma cópia da mancha coma sinalização da sua porta, nem um número de telefone de emergência. Pasme-se: não foi nomeado um Director de montaria e todo o trabalho organizativo inicial foi feito pelo guarda. A deslocação para a mancha foi feita em duas etapas: a primeira nas viaturas dos monteiros, por caminhos rurais com naturais dificuldades para os que não tinham carros todo o terreno; a segunda, em carrinhas de caixa aberta, em condições no mínimo precárias.
A esperança de encontrar uma mancha cheia de javalis, fez com que as primeiras palavras de insatisfação fossem esquecidas. Porém, o pior estava para vir: os poucos javalis que na mancha existiam, juntamente com a má organização e as elevadas espectativas criadas pelo sr. Jorge Pestana nos contactos que estabeleceu com os diversos monteiros não justificavam os 400 € pagos.
Desta forma, no final da montaria, os monteiros decidiram exigir a devolução de 50% da quantia paga. E, agora pasme-se: perante a impassividade do individuo que asseguravam ser o Jorge Pestana o guarda viu-se na necessidade de dar a cara pela organização. Após alguma altercação, e já quando os ânimos ameaçavam exaltar-se, o guarda - depois de consultar o "misterioso" individuo (que identificou como sr. Luís) procedeu à devolução de 200 € a cada monteiro. Suponho que a todos, porque não esperei para o fim do triste episódio.
A TODOS OS MONTEIROS: se pensam participar em qualquer evento cinegético organizado por um tal Jorge Pestana, pensem duas vezes.

 
                                >> Responder