Caça Menor      

 

 

Quebrando um pouco e porque as vacas também...  14-12-2010 17:14:56 Escrito por luisnovais  (28 Respostas)  

 

Que grande vaca!  14-12-2010 17:36:45 Resposta por António Luiz Pacheco   

 

Dá que pensar confrade Luiz Pacheco  14-12-2010 17:49:22 Resposta por luisnovais   

 

Como dizem os Brasileiros...  14-12-2010 19:48:05 Resposta por erresse1   

 

MUuuu…  14-12-2010 20:40:23 Resposta por jffs-B52   

 

emancipação das vacas  14-12-2010 23:56:12 Resposta por Jaime   

 

Quanto não vale ter estudos!…  15-12-2010 10:20:41 Resposta por luisnovais   

 

Esse estupendo texto ...  15-12-2010 10:40:18 Resposta por Luis Paiva   

 

Caros Confrades, já que falámos de  15-12-2010 13:43:17 Resposta por joseneves   

 

Já agora, para completar a informação sobre  15-12-2010 14:03:08 Resposta por joseneves   

 

Confrade José Neves ....  15-12-2010 14:34:08 Resposta por Luis Paiva   

 

Livros  15-12-2010 16:32:43 Resposta por jcosta   

 

Eis os livros - Páginas de Caça''  15-12-2010 18:11:21 Resposta por psilveira   

 

Eis os livros - Largueza  15-12-2010 18:14:36 Resposta por psilveira   

 

Confrade JCosta...  15-12-2010 18:16:26 Resposta por António Luiz Pacheco   

 

Confrade pacheco  16-12-2010 10:29:45 Resposta por Mário   

 

Correcto e afirmativo Confrade Mário Frade!  16-12-2010 12:05:03 Resposta por António Luiz Pacheco   

 

Ok ainda bem  16-12-2010 13:21:59 Resposta por Mário   

 

livros  16-12-2010 16:07:42 Resposta por JMestre   

 

Confrade Pacheco  16-12-2010 17:12:25 Resposta por jcosta   

 

como correu  17-12-2010 9:36:22 Resposta por psilveira   

 

Pela minha parte...  17-12-2010 12:04:49 Resposta por António Luiz Pacheco   

 

Grande Luiz Pacheco  17-12-2010 13:36:44 Resposta por Mário   

 

Boa tarde  17-12-2010 14:50:36 Resposta por JMestre   

 

Obrigado, António Luíz...  17-12-2010 23:18:50 Resposta por paulo farinha   

 

Desculpem o tamanho...  17-12-2010 23:20:18 Resposta por paulo farinha   

 

Confrade Luis Paiva,  15-12-2010 18:40:55 Resposta por joseneves   

 

O Estimado Dr. Ângelo Sequeira...  15-12-2010 10:41:10 Resposta por António Luiz Pacheco   

 

A CAÇA NA LITERATURA TRASMONTANA  15-12-2010 12:04:43 Resposta por luisnovais   

 


Quebrando um pouco e porque as vacas também... 

Visualizações 1862

luisnovais  14-12-2010 17:14:56
 
 

são animais e nós gostamos de Animais, pois claro, vamos então ler uma notícia de Semanário Transmontano :


Vaca pulou a cerca foi à aldeia vizinha à procura de touro

A história anda de boca-e-boca na aldeia de Podence e arredores. Uma vaca pulou a cerca do lameiro onde pastava, percorreu cerca de quatro quilómetros até à aldeia de Azibeiro, parou à porta de um touro e só parou de mugir quando o dono do boi abriu a porta ao touro. Já coberta pelo boi, a vaca regressou ao lameiro onde andava. O dono só soube dias depois quando o patrão do touro lhe contou a façanha e exigiu o dinheiro da cobrição.

Mocha tornou-se a vaca mais famosa de Podence e arredores, onde já anda na boca de toda a população. Estando em período de cio não precisou do dono para ir ao touro. Saltou a vedação do lameiro onde fora deixada pelo dono a pastar e meteu-se à estrada tomando o rumo da vizinha aldeia de Azibeiro, onde se encontrava o touro. De Podence, onde mora o dono da vaca, até Azibeiro, são uns três ou quatro quilómetros. E porque não é só com gestos que se conseguem os objectivos, esperta, Mocha não parou de mugir enquanto o dono do touro não lhe veio abrir a porta do estábulo. O dono do boi, Júlio Bragada, logo reconheceu a vaca, pertencente a Luís Carneiro, residente em Podence, que já ali a tinha levado noutra ocasião em estado semelhante.

Cumprida a “obrigação”, a Mocha retomou, sozinha, o caminho do lameiro, onde o dono a deixara antes. Luís Carneiro não deu conta de nada e só no domingo seguinte é que soube da “proeza” da sua vaca através do dono do touro. Feitas as contas, ficou a estória que ambos não se cansam de contar aos vizinhos, pelo insólito que a acção da Mocha representa.


Esperteza da vaca Mocha não espanta veterinário

Apesar de considerar que não é muito normal acontecer, o atrevimento e a desenvoltura da vaca Mocha não espantam Pedro Barroso, um veterinário contactado pelo Semanário TRANSMONTANO. “As vacas quando andam com o cio ficam muito irrequietas e procuram o macho”, explica o especialista, revelando, aliás, que um dos sintomas do cio é o facto de as vacas andarem muito nesses dias. “Quando num rebanho não existe macho, usa-se, aliás, o chamado pedómetro, uma bracelete que é colocada na pata do animal e que contabiliza os passos que dá por dia. Quando estão com o cio andam o dobro ou o triplo”, explica Pedro Barroso.

 
                                >> Responder