| | 572 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
Caça Menor 

      Título   Autor   Data de Publicação  
                 

 
  Entre Vênus e Diana  
     
 
12-07-2009 Levar os filhos à caça é gostoso, mas as filhas... é mais complicado.
 
     
  Sérgio Corrêa de Siqueira  
   

 
 
  As perdizes de ao pé de casa  
     
 
09-07-2009 Quinta-feira. Corria o mês de Outubro, quente e seco este início de Outono. Da janela da sala de aulas podia ver as encostas na outra margem do Tejo. As mesmas que, quando miúdo, calcorreei vezes sem conta, pressão de ar debaixo do braço, em busca das amoreiras, figueiras e outras árvores que, com seus doces frutos, se tornavam irresistíveis para papa-amoras, melros e outra passarada a que dei guerra sem quartel. Para lá destas colinas ficava a minha aldeia.
 
     
  Paulo Farinha Pereira  
   

 
 
  Depois da doença, espécie recuperou e já causa danos aos agricultores  
  Madeira: Governo declara guerra ao coelho bravo  
     
 
06-07-2009 A partir de 8 de Julho, e até ao dia 22, está aberta a caça ao coelho bravo, mas apenas nos campos agricultados. A medida visa, segundo a DRF, uma correcção da população desta espécie. É que há, de momento, um fluxo anormal desta espécie, que povoa e está a danificar alguns dos terrenos agrícolas do norte e sul da ilha.
 
     
   
   

 
 
  Maitê Proença em defesa da caça  
     
 
18-06-2009 Recentemente, em um programa Saia Justa, no meio de uma discussão sobre o macho moderno, me pus a defender a caça. Disse, basicamente que nós mulheres ganhamos tanto espaço nas últimas décadas - espaços que foram, desde sempre, redutos dos homens - e que enquanto avançávamos, os rapazes ficaram olhando perplexos esperando que aquilo fosse uma marola ao invés do grande movimento transformador de hábitos que virou. E que agora os pobres estão tontos sem ter onde manifestar sua masculinidade, não tem mulher para detonar, não têm boi para laçar, não há duelos de morte, não se enfrenta um javali para o sustento da família.
 
     
   
   

 
 
  A caça no Uruguai  
     
 
17-06-2009 A República do Uruguai situa-se na América do Sul e tem como fronteira o Brasil e a Argentina. O País tem 3,3 milhões de habitantes sendo que cerca de 60% da sua população reside na capital que é Montevideu. O seu território tem uma área de 176 mil Km quadrados isto é, quase o dobro do território português.
 
     
  Gualter Furtado  
   

 
 
  Coronel Júlio de Araújo Ferreira  
     
 
15-06-2009 Para Júlio de Araújo Ferreira todas as palavras e referências serão insuficientes. Mas o que é que se pode dizer de alguém que foi, com grande probabilidade, o maior caçador português de todos os tempos.
 
     
  MIGUEL PEREIRA  
   

 
 
  Com menos adeptos e menos visibilidade mediática  
  Caça movimenta mais dinheiro que a Superliga  
     
 
12-06-2009 Segundo o estudo “Florestas Accountability 2008” o sector da caça em Portugal vale 340 milhões de euros, mais do que o volume de negócios gerado pela Superliga de Futebol.
 
     
   
   

 
 
  Caça proibida a 7 de Junho devido às eleições  
     
 
06-06-2009 Por via da realização das eleições para o Parlamento Europeu, no próximo Domingo, 7 de Junho, é proibida a prática da caça nesse dia, como estipula o Decreto-Lei 201/2005, de 24 de Novembro. O referido diploma refere no número 4 do artigo 89.º que «é proibido caçar nos dias em que se realizem eleições ou referendos nacionais e, ainda, quando se realizem eleições ou referendos locais na área das respectivas autarquias».
 
     
   
   

 
 
  Multibanco  
  Serviço de emissão de licenças de caça recebe prémio  
     
 
05-06-2009 O serviço de licenciamento de caça através do multibanco foi premiado na vertente de Optimização de Receita no âmbito do Prémio Boas Práticas no Sector Público.
 
     
   
   

 
 
  Na última década decresceram 31%  
  Licenças de Caça em declínio  
     
 
28-05-2009 Há, na fria análise dos números referentes às licenças de caça emitidas nos últimos dez anos, uma certeza indesmentível: estas diminuíram em cerca de 30%. A forma mais correcta de quantificar o número de praticantes no sector, será esta mesmo; a avaliação do número total de licenças emitidas para cada época de Caça em questão. O que é que se passou, então, nos últimos dez anos?
 
     
  Luis A. S. R. Ferreira de Paiva  
   

 
 
  Uma caçada aos coelhos no Pico dos Melros (Calheta-Madeira)  
     
 
02-05-2009 Caros amigos do Santo Huberto e da nossa grande paixão, a caça. Venho em breves linhas contar uma bonita história de caça, naquela que para mim é a ilha mais bonita de Portugal, a Ilha da Madeira.
 
     
  João José Gouveia Teixeira  
   

 
 
  Chamava-se Benfica  
  1970 - Torre de Dona Chama  
     
 
15-04-2009 Chamava-se Benfica, era um cão preto, médio grande e de raça indeterminada. Aprendeu a caçar por necessidade (e de que forma extraordinária!), pois os “restos” sobrantes apenas lhe cabiam nos dias de festa, e que eram raros.
 
     
  Luis Augusto Melo Guimarães  
   

 
 
  Alto Minho  
  Caçadores de Galinhola reúnem-se em jantar  
     
 
14-04-2009 Levados pela paixão que têm pela Dama dos Bosques, caçadores de diferentes zonas do norte do país, reuniram em Viana do Castelo no passado 4 de Abril, num jantar de caçadores de galinhola.
 
     
  Ricardo Carvalho  
   

 
 
  A caça de salto ao javali deixou de estar condicionada aos meses de Janeiro e Fevereiro  
  Calendário Venatório para a Época de Caça 2009-2010  
     
 
26-03-2009 O calendário para a Época Venatória 2009/2010 foi hoje publicado no Diário da Republica, I Série, Nº 60, através da Portaria nº 308-A/2009. A caça de salto ao javali deixou de estar condicionada aos meses de Janeiro e Fevereiro.
 
     
  Pedro Alexandre Bravo Lima Delgado  
   

 
 
  Tributo ao Coronel Júlio de Araújo Ferreira  
  No meu Concelho... como em tantos outros 70 anos de caça  
     
 
19-01-2009 Notável artigo escrito há quase vinte anos, com muitas referências às vivências de há quase um século. Impressionante de actualidade, por um dos maiores caçadores portugueses de todos os tempos.
 
     
   
   

 
 
  A caçadora que perde a arma,... e o Caçador que deixa perder a mulher!  
  Uma caçada atribulada  
     
 
13-01-2009 Caros confrades do Santo Huberto! Foi contagiada pelo vosso entusiasmo (francamente visível neste portal), que decidi também aqui passar intervir, quer com as aventuras e desventuras que presencio no contacto directo com o meu marido e o seu grupo (todos eles doentiamente aficcionados pela caça), quer também com algumas passagens já dignas de nota de que vou sendo protagonista, na minha recente qualidade de caçadora. (Num pequeno aparte, deixai-me confessar-vos que a lutar 30 anos contra essa minha rival, a caça, me dei enfim por vencida, acabando por me juntar ao inimigo como qualquer bom estratega perdedor, tornando-me também eu... caçadora.) Para primeira intervenção, vou então contar uma história com apenas alguns dias, e que vos levará naturalmente a interrogarem-se; mas ela ainda não desistiu???
 
     
  Maria Celeste Nozelos Basílio Guimarães  
   

 
 
  Um Balanço da época 2008/2009 nos Açores  
     
 
08-01-2009 Pode-se dizer que esta época venatória praticamente acabou no dia 28 de Dezembro já que espécies como a Galinhola (fechou em finais de Novembro), o coelho bravo e a codorniz (fecharam no último domingo de Dezembro) já não se podem caçar nos Açores com excepção do coelho para a Ilha do Pico e para a Ilha das Flores e num processo que envolve muitas dúvidas e pode mesmo por em causa a sustentabilidade de outras espécies como seja a Galinhola da Ilha Montanha, já que manter aberta a “caça” ao coelho no Pico todo o ano e todos os dias é uma decisão muito pouco acertada.
 
     
  Gualter Furtado  
   

 
 
  Caçador morre após cair sobre a arma  
     
 
22-12-2008 Um homem, de 49 anos, integrado num grupo de 20 caçadores, escorregou ontem de um penedo, em Almofala, Castro Daire, e caiu sobre a própria arma que disparou e o atingiu no rosto e cabeça. Sofreu morte imediata.
 
     
   
   

 
 
  Sondagem pergunta a elementos civis da GNR se querem novo estatuto  
  Ex-guardas-florestais podem vir a ser militares  
     
 
21-12-2008 O comando-geral da GNR está a perguntar aos antigos guardas-florestais, através de uma "sondagem", se gostariam de ser convertidos em militares. "É uma sondagem às escuras", critica o dirigente sindical Figueiredo Lopes.
 
     
   
   

 
 
  Continua a «caça» Clandestina nos Açores  
     
 
05-12-2008 A Ilha Terceira tem condições de terrenos e clima para uma dinâmica populacional das espécies cinegéticas muito positiva e se a gestão da caça for efectuada com rigor, no respeito dos conhecimentos técnicos e científicos e com o envolvimento das organizações de caçadores, a caça nesta ilha poder-se-ia considerar um Paraíso.
 
     
  Gualter Furtado  
   

 
Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 Próximo

     
  Voltar
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:0s) © 2004 - 2017 online desde 15-5-2004, powered by zagari