| | 1100 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
 
Relatos de Montaria

Início

Anterior

Próximo

Fim


A caça tem destas coisas...!
Montaria no Nordeste Transmontano
 

     

Autor: Luis Augusto Melo Guimarães

26-11-2008 11:00:00

 

Dois elementos do grupo com os Gaiteiros ao fundo, que coloriram o evento
   
Sinais evidentes junto da minha porta
   
Sou Coutinho!
José António Coutinho,... sempre ao dispor!


José António Coutinho é um caçador da “velha guarda”, que conta da sua longa história de caçador, com milhares de peças cinegéticas abatidas.

Derrubar perdizes a 90 Km/hora de “bico”, ou outras dificuldades do género, são referências básicas do seu currículo.

Este veterano, que soma a linda idade de 80 anos, já raramente caça, e quando o faz, é porque lhe “cheira” a forte convívio de amigos, ou perante a grande insistência destes.

No entanto, de salientar o espírito vivo e mordaz que lhe é peculiar, e a capacidade de transformar sempre as caçadas que nos presenteia com a sua companhia, em autênticos festivais de boa disposição e alegria.

Apesar de tudo isso, há uma espécie cinegética de que nosso amigo Coutinho nunca foi “fã”:

- O Javali.

E o motivo é o seguinte: Quando ainda com os seus vinte e tal anos perseguia entusiasticamente um bando de perdizes, eis que foi surpreendido pelo arranque inesperado de um grande Javali (animal para ele na época, de todo “estranho”), o qual lhe pregou um susto de morte.

Desde então, passou a ter um medo incontrolável (mesmo terror), a estes animais.

Bem, mas vamos ao relato da montaria em causa, que é o objectivo deste escrito.

A Montaria teve lugar a 18/10/2008, em Rebordainhos (Bragança), e estava inserida no programa da Feira Norcaça.

Chegamos a Rebordainhos pelas 9 horas, aonde se fazia notar um frio relativo, e mesmo sinais de chuva.

O pequeno-almoço foi agradável, e a simpatia das pessoas envolvidas, contagiante.
Toda a organização, desde inscrições, sorteio e posturas, mereceu no meu exigente juízo de Monteiro, uma classificação muito positiva.

Para completar todo este “ramalhete”, até o “tempo” fez o favor de se compor, vindo a mostrar um dia bastante soalheiro.

Eu e o meu grupo estávamos muito satisfeitos pelo que acabei de descrever, e não só...

É que com a justificação da Feira Norcaça, e com as perspectivas que tínhamos para as perdizes no dia seguinte, conseguimos convencer o nosso amigo Coutinho a acompanhar-nos logo neste início de fim-de-semana, fazendo também equipa na Montaria.

Não foi fácil! Mas com a constatação de cada vez menos porcos nas manchas e mais Monteiros nestes eventos, e na perspectiva de que para os seus lados nada deveria “acontecer”, acabou por aceitar o nosso desafio.

A montaria decorreu com um sucesso mediano, poucos porcos (apenas 4), mas com bastantes tiros e muitas ladras das matilhas. Em suma, foi uma montaria simpática, e que terminou de forma agradável com o almoço servido numa tenda, no espaço da Feira anual de Caça em Bragança.

Foi aqui, enquanto relatávamos o nosso dia, que tivemos conhecimento da peripécia acontecida com o nosso velho amigo.

Pelos vistos, qual azar..., enquanto o amigo Coutinho apreciava a paisagem em Rebordainhos (e diga-se de boa justiça, digna de nota), eis que começou a sentir ladras vindas na sua direcção.

Ouvido à escuta e já com o maior “cagaço” presente, começou a ver ao longe o mato a “abrir”, tudo indicando que o porco iria passar por perto.

Desta feita, e com a respectiva “caçadeira” bem embalada na bolsa donde nem sequer tinha sido extraída, eis que o nosso amigo começa a bater palmas, a pisar fortemente com os pés no chão e dizendo sonoros “olés”, que acabaram por resultar no que encarecidamente pretendia, que era o desvio do percurso do javali.

Quando perante o feito respirava já de alívio, eis que o caçador da porta seguinte, do cimo de uma fraga, lhe disse no maior tom de crítica e muitíssimo zangado (por toda aquela barulheira):

“Ho amigo! Você não é Monteiro"!

Ao que o nosso companheiro lhe respondeu afavelmente: não meu caro, não sou “Monteiro”; sou Coutinho! José António Coutinho,... sempre ao dispor!



Luis Guimarães

Nota do autor – o facto em si, e no contexto dos procedimentos numa montaria, nada tem de abonatório. Por isso, eu e o meu grupo apresentamos desculpas aos eventuais lesados, na medida em que somos os verdadeiros responsáveis.

No entanto, Montarias há muitas; mas momentos destes, são efémeros, e daí querer partilhá-lo com todos vós, Monteiros (...caçadores de javalis, mas também de histórias).
 

 
Imprimir   Imprimir
     
     
     
     
 
 
 
Votos (37)    
 
     

Comentário(s) (3)   Comentário(s) (3)    
    Espectacular relato    
    MONTARIAS HÁ MUITAS ...!    
    AH!AH!AH!    
 
Informação Relacionada

Norcaça & Norpesca 2009 A 8ª edição de uma das mais importantes feiras de caça e pesca vai realizar- ...

   

Zona de Caça da Lombada: um diamante por polir Há sete anos que a gestão da Zona Caça Nacional da Lo ...

   

Vem aí a Norcaça & Norpesca A Norcaça & Norpesca – 7ª Feira Internacional do Norte é já nos próximos ...

   

Campeonato Regional de Santo Huberto - FACIRC 2008 Englobada na 6ª Feira Internacional do Norte teve ...

   

Caça grossa na Lombada avança em 2008 No próximo ano já deverá ser permitida a caça do veado na zona ...

   

Norcaça quer entrar para o Guinness O maior pote do mundo, capaz de cozinhar javali estufado para ma ...

   

Montaria de Rebordainho Apesar de ser de saudar a iniciativa, ou melhor, de serem de saudar as inici ...

   

Norcaça afirma-se no contexto nacional Mais de 15 mil pessoas passaram pelo recinto do Nerba, naque ...

   

Caça na Lombada está a ser planificada A Zona de Caça Nacional da Lombada pode tornar-se na primeira ...

   

Norcaça quer tornar-se uma feira de referência Arranca na próxima quinta-feira, em Bragança, a Norca ...

   

NORCAÇA pode trazer avanços à Lombada A câmara de Bragança acredita que desta é de vez e que várias ...

   

Coletes Fluorescentes No dia 8 de Janeiro de 2005, ao ler o Jornal de Notícias deparei com uma notícia que me chamou à atenção, por faltar à verdade e ...

   

Montaria de Rebordainhos 1.ª Montaria do ano do Clube de Monteiros do Norte, sendo também a 1.ª real ...

   

Santo Huberto – Norcaça 2004 Inserida na III feira Norcaça, realizou-se no passado 18 de Setembro, m ...

   

Clube de Caça e Pesca de Bragança O Clube de Caça e Pesca de Bragança foi fundado em 1960 e está sed ...

   
 
     
  Voltar

 
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:2s) © 2004 - 2020 online desde 15-5-2004