| | 559 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
 
Relatos de Montaria

Início

Anterior

Próximo

Fim


Montaria Quinta de Zacarias
 

     

Autor: Pedro Couto

30-11-2004 12:00:00

 

   
Um grupo de Monteiros, resolveu propor à Z.C.T. Quinta de Zacarias a realização de uma montaria, com a finalidade de juntar alguns amigos e conviver, ao que a propriedade prontamente acedeu.

Montaria : Quinta de Zacarias (Z.C.T.) Alfândega da Fé
Data : 20 de Novembro de 2004
Organização : Propriedade e Grupo de Monteiros
Postos : 36
Custo : 40 €
Tiros : ± 63
Resultado : 6 Javalis (Pequenos)
Tempo : Nublado
Matilhas : 2

No dia marcado as 36 almas lá compareceram, para um são convívio entre amigos monteiros. A horas decentes e sem que se registam-se atrasos de maior, o que cada vez é mais comum nas montarias, e, que é um facto a erradicar, mas como aqui estavam avisados que ficariam sem caçar!... O sorteio era realizado na mesma altura da confirmação da presença, tirando solenidade ao acto mas agilizando todo o processo, mas mais vale assim do que as longas esperas dos retardatários do costume. Lembre-se que em Espanha muitos sorteios realizam-se de véspera, e não cai nem o Carmo nem a Trindade!... Pouco passava das 9H30 quando começamos o pequeno-almoço, para depois do tempo necessário para reconfortar o estômago, alguns monteiros levantaram-se pelas matutinas 5H00, indigitar o Director da Montaria, cargo que recaiu no Valdemar Rodrigues, poucas palavras, somos todos monteiros de largos tempos, pelo que o único alerta se cifrou nos corsos.

Íeis-nos a caminho da mancha, à qual chegamos pelas 10H30, tendo a Montaria começado às 11H00.

A minha porta, das boas, sou o sortudo da ordem…, só avistou dois belos corsos. Que prazer!... Mas que tal se a morfologia fosse outra para poder fazer a rodagem dos 10.000, parafraseando um conhecido Monteiro e Director de conhecida revista da especialidade? Fiquei sem a rodagem e com a vontade.

Outras portas também se deliciaram com a presença dos belos e majestosos corços.

Ao longo do tempo foram-se ouvindo tiros cadenciados que deram como resultado o quadro final. Quando é que os monteiros lavam a cara com água destilada? Sempre evitavam os erros garrafais. O Monteiro da montaria do ano anterior nesta mesma mancha, desta vez na porta 1 para além de ter abatido 2 raposas atirou a 9 javalis, não tendo cortado pelo. Sempre há cada dia! Um dia do caçador outro da caça!...

A montaria terminou pelas muito nobres 14H00. Que excelente hora para finalizar (em) a (s) montaria (s), permite que os monteiros terminem a montaria num são convívio sem as pressas do costume.

Leilão rápido e de seguida o almoço.

Como notas finais, boa organização, até os ruços colaboraram pois foram atirados alguns de bom porte. O pequeno-almoço pantagruélico e almoço bem confeccionado, pelo restaurante S. Sebastião de Alfândega da Fé.

Constatou-se a falta de pelo menos mais 2 matilhas. Bom trabalho da Matilha Búfalo Bill, ficando a outra ligeiramente aquém das expectativas. Fica para a próxima (?) montaria um melhor e profícuo trabalho.

Até à próxima montaria.
 

 
Imprimir   Imprimir
     
     
     
     
 
 
 
Votos (106)    
 
     
   
     
  Voltar

 
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:0s) © 2004 - 2018 online desde 15-5-2004