| | 2170 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
 
Histórias de Caça

Início

Anterior

Próximo

Fim


Uma noite de pura magia, ou como uma porca atrevida fez as nossas delícias
 

     

Autor: João Fonseca

Autor Fotos: João Tiago Fonseca

19-03-2010 1:58:01

 

Estamos no chão, os filhotes estão a 2 metros de nós e a porca a três metros
   
Estamos mesmo cara a cara, o coração a 200 pulsações e a Adrenalina a correr nas veias
   
Pode ver-se a lanterna a iluminar os javalis
   
Se dessemos um passo em frente pisávamos o primeiro...
   
Tão pequeninos e já fussavam desalmadamente...
   
A espera estava marcada com o Tiago (meu filho) há já algum tempo. Aproveitando o final das férias de semestre tínhamos combinado ir à Malarranha o¬nde sabíamos andar um porco grande num dos meus cevadores.

Data: 25 de Fevereiro 2010
Local: Malarranha
Sorteio: ---
Postor: Sr. Jerónimo Barbinhas
Condições Climatéricas: Céu encoberto e chuva
Temperatura:     10º
Vento: Fraco
Fase da lua: 6º dia de lua
Tipo de espera: No chão
Nº Cevadouros: 1
Comida cevador: A minha
Caracterização cevador: Pedras com a comida
Distância ao cevador:     85 metros
Início Espera: 18:30
Fim espera: 22:15
Javalis avistados: 1+5 filhotes
Javalis sentidos: Os mesmos
Javalis atirados: 0


No entanto o temporal que fez durante praticamente todo o dia aconselhava-nos a não ir.

Um último telefonema ao guarda da Associativa, uma última olhadela às actualizações do tempo na Internet diziam que se tivéssemos juízo ficaríamos em casa mas o desejo de tentar apanhar o “gigantone” falou mais alto e pelas 16:45 fizemo-nos à estrada.

Chegámos a Malarranha às 18:15 e até ao nosso posto fomos transportados pelo Sr. Jerónimo Barbinhas (o incansável guarda da associativa).

Como tinha chovido muito, ele ainda não tinha ido ao cevador, aproveitando para o fazer na altura que nos levava para o nosso posto.

Eu e o Tiago saímos do carro e fomos para a nossa colocação habitual:
No chão sentadinhos em duas cadeiras.

Ainda estava o Sr. Jerónimo a descer e nós a abrir as cadeiras, quando sinto um sopro forte do meu lado direito.

Olhei e não queria acreditar, estava um javali (Javalina) a uns 6/7 metros de nós!!!!

E com ela trazia filhotes (5).

Aguardou que o guarda saísse do comedor, não nos ligou nenhum e foi direito ao cevador.

Arredou as pedras e toca a comer…

Pelo barulho, primeiro as nozes as avelãs e as castanhas depois o milho e restantes iguarias.

Os filhotes acompanhavam-na e de vez em quando um deles levava uma focinhada que até guinchava.

Depois veio o mais surpreendente, a porca saiu do cevador e começa a foçar no chão, lavrando terra subindo na nossa direcção.

De tal maneira não parou, que a 6 ou 7 metros de nós temi pelas consequências pois a bicha estava determinada, para mim era uma situação surpreendente, era como se nós não estivéssemos ali…

Para a afastar levantei-me e falei em voz alta “O que queres daqui” “andar”, apontando-lhe uma lanterna.

Acham que a bicha fugiu? Eu julgaria que sim, mas não, levantou a cabeça olhou para nós e continuou a foçar como se não estivéssemos ali, com os filhotes nas imediações chegou a estar a 3 metros de nós. Incrível!!!

Começámos a medo a apontar-lhe a luz da lanterna para controlar os seus movimentos, e quer a bicha quer os filhotes não se importaram nada.

Depois começámos a tirar umas fotografias disparando as respectivas flachadas, e a bicha nada.

Às duas por três eu e o Tiago já fazíamos barulhos com a boca tipo “psssst” para ela levantar a cabeça e ficar melhor na fotografia…

Andou por ali, desapareceu, meia hora depois voltou outra vez, estando novamente perto de nós, foi de novo ao cevador e depois saiu barranco abaixo.

Olhámos cumplicemente um para o outro e demos a espera por terminada.

Eram 10:15 quando arrumámos o material, perfeitamente satisfeitos e saciados com a caçada de hoje.

Penso que assistimos a uma situação ímpar e incrível nestas coisas da caça e se contarmos a alguém que estivemos no campo, com uma javalina com filhotes ao pé, e ela não fugiu a sete pés, ou que não a matámos, lá chamam mentirosos a estes caçadores.

Ainda fizemos um filminho com a máquina de fotografar em modo de filme, cujo link deixo aqui:
Porca (Javali) com 5 crias 1/2: http://www.youtube.com/watch?v=kIt-baMj2R0
Porca (Javali) com 5 crias 2/2: http://www.youtube.com/watch?v=OAUIZ3isbWI









 

 
Imprimir   Imprimir
     
     
     
     
 
 
 
Votos (38)    
 
     

Comentário(s) (11)   Comentário(s) (11)    
    gripe suina    
    Caçadores    
    De pensar    
    75 anos...!    
    Parabéns    
    Caçadores com C Grande    
    sem palavras    
    Muito bem!    
    Bem caçado...    
    Muito bonito!    
    Espectaculo....    
   
     
  Voltar

 
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:0s) © 2004 - 2017 online desde 15-5-2004, powered by zagari