| | 306 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
 
Relatos de Montaria

Início

Anterior

Próximo

Fim


Montaria da Silva
 

     

Autor: Pedro Couto

25-01-2005 12:00:00

 

   
Dentro do seu programa de montarias, esta Associação comporta 4 Z.C.A., tocou desta vez à afamada mancha da Abelheira.

Depois de algum tempo de espera, pois fazia falta um razoável n.º de monteiros para ser possível cobrir a mancha, passou-se ao pequeno-almoço, tendo sido durante o mesmo efectuado o sorteio, agilizando todo o processo e não retardando ainda mais o inicio da montaria. Após o sorteio, foi nomeado o director de montaria, para logo de seguida e após conclusão dos “comes”, partirmos para a mancha que fica algo distante.


Montaria : Mancha da Abelheira (Z.C.A.)
Data : 22 de Janeiro de 2005
Organização : Associação de Caça e Pesca de Silva (Miranda do Douro)
Postos : 47
Custo : 35 € (N/sócios) 15 € (Sócios)
Tiros : ± 140
Resultado : 18 Javalis (3 Navalheiros)
Tempo : Nublado
Matilhas : 4
Director de Montaria: Jorge Manuel Ramos Azevedo

A montaria teve o seu inicio pelas 13h00, começando logo de seguida a ouvirem-se os primeiros tiros que se prolongaram até ao fim da mesma, pelas 16h00.

Cedo se começaram a ouvir as primeiras estimativas e que pressagiavam um excelente resultado. Dos resultados a destacar os 4, 3 e 2 Javalis cobrados pelo: Manuel Abílio, Richard Afonso e o António Renda. As portas do Richard e do Renda eram contíguas, tendo entre os dois dado cerca de 40 tiros. Monteiros houve, que falharam 5 ou mais animais. Pela minha parte e como já tinha “avisado” continuei a rodagem das munições, fazendo rodar uma excelente porca, que, infelizmente se encontrava parida à pouco tempo.

Há que referir como conclusão, que o pequeno-almoço e almoço foram abundantes e bem confeccionados.

A organização com pequenas falhas, tais como tardio começo da montaria, e, demorada recolha dos animais devido à dificuldade de chegar com o meio de transporte à porta do Manuel Abílio. Este facto inclusive impossibilitou a recolha de um animal que depois de gravemente ferido e no estertor da morte caiu num poço. Foi apanhado por uma matilha um pequeno listado, o que é sempre de lamentar, mas, a seca que se verifica à longos meses, talvez tenham apressado o cio e naturalmente os partos.

De realçar a quantidade de navalheiros, sendo um deles muito bom, cobrado pelo monteiro António Gonçalves, que é o primeiro ano em que se inicia nestas lides da caça.

Muito bom trabalho das matilhas, quanto a mim, de realçar a do Armando da “Granja”.

Excelente montaria, não só pelo resultado, mas também pelo são convívio verificado.

Até à próxima montaria.
 

 
Imprimir   Imprimir
     
     
     
     
 
 
 
Votos (46)    
 
     
   
     
  Voltar

 
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:0s) © 2004 - 2020 online desde 15-5-2004