| | 128 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
 
Notícias da Calibre 12

Início

Anterior

Próximo

Fim


D.R.de Agricultura do Algarve e a Federação de Caçadores do Algarve assinam Protocolo de Colaboração
Protocolo de Colaboração - Gripe das Aves
 

     

Autor: Estevão Luis R.A.Pape

29-11-2005 11:17:44

 

   
Considerando o actual risco de aparecimento de uma epizootia de gripe aviária ou das aves face à recente identificação do respectivo vírus em países europeus foi assinado um protocolo de intervenção entre a Direcção Regional de Agricultura do Algarve e a Federação de Caçadores do Algarve.

O conteúdo deste protocolo de colaboração baseia-se nas seguinte medidas:

1- Que o Comité Permanente sobre Cadeia Alimentar e Saúde Pública da União Europeia ( SCoFCAH) em reunião de 6 de Setembro aprovou um Plano de Vigilância de modo a incluir no rastreio as amostras colhidas especificadamente de aves migradoras aquáticas, ao longo da respectiva rota de migração, tendo como objectivos principais:
a) Detectar precocemente a circulação de vírus da “Gripe Aviária” nas aves domésticas e nas espécies da avifauna silvestre;
b) Caracterizar o biótipo de vírus da gripe circulante num grupo determinado de aves;
c) Activar o “Plano de Alerta” imediatamente após a detecção de uma ave infectada;

2- Que o mesmo Comité, em reunião do dia 14 do corrente mês de Outubro, recomendou, entre outros aspectos preventivos, que deve haver um especial cuidado em comunicar às autoridades qualquer mudança significativa no comportamento das aves selvagens, de forma a identificar aves doentes, pelo que, se pede aos caçadores e outros agentes ambientais e cidadãos em geral que contactem as autoridades caso detectem mortalidades anormais em aves selvagens. As pessoas que recolham essas aves devem adoptar comportamentos de higiene geral na respectiva manipulação, nomeadamente utilização de luvas, limpeza e desinfecção;

3- Considerando ainda, que a FCA representa 243 Associações, Clubes de Caçadores e Empresas Turísticas, que se traduz em cerca de 14.000 caçadores da região do Algarve, e tem sido inexcedível na dinâmica e cooperação com os Serviços Oficiais atinente à protecção e fomento da actividade cinegética, sendo de realçar o trabalho desempenhado, em parceria com esta Direcção Regional e Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, no projecto “RIPAC”, Rede de Recolha e Identificação de Patologias em Animais Cinegéticos.

Nesta conformidade, a DRAALG e a FCA estabelecem o presente protocolo de colaboração, que se rege pelas cláusulas seguintes:
1.º - Assim sendo solicita-se a colaboração de todos os Clubes, Associações e Empresas Turisticas no sentido de que todas as aves silvestres encontradas mortas, especialmente as aquáticas, sejam recolhidas e entregues na FCA ou na DRAALG, para análise laboratorial;
2ª - Das espécies migradoras cinegéticas abatidas também se solicita a entrega de uma ou duas aves para despiste da gripe aviária, a entregar igualmente na sede da FCA ou na da DRAALG;
3ª - As amostras serão identificadas e enviadas para a DRAALG, que, no mais curto prazo de tempo, às reenviará para o Laboratório Nacional de Investigação Veterinária.
4º - Como medida cautelar, que os caçadores ao recolher as aves, devem adoptar comportamentos de higiene geral na respectiva manipulação, nomeadamente com utilização de luvas e máscaras, limpeza e desinfecção.


Com os nossos melhores Cumprimentos,

O Presidente da Federação
Vítor Manuel Bota Palmilha

Tavira, 28 de Outubro de 2005
 

 
Imprimir   Imprimir
     
     
     
     
 
 
 
Votos (120)    
 
     
   
     
  Voltar

 
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:0s) © 2004 - 2019 online desde 15-5-2004