| | 106 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
 
Opinião

Início

Anterior

Próximo

Fim


Contradição! Talvez Não. Um Artigo de Reflexão.
Veterinários Caçadores
 

     

Autor: Carla Azevedo

Co-Autor: Carla Azevedo¹, Diogo Fontes¹, Jorge Tiago Teixeira¹ (1 - Médicos Veterinários)

17-02-2006 11:00:00

 

   
Sabendo que é um tema controverso para grande parte das pessoas, é para nós um desafio assumir esta filosofia de vida e, com a ajuda deste artigo e de outras iniciativas, contribuir para informar e mudar mentalidades e comportamentos negativos acerca da caça junto da sociedade. Estamos convictos que a caça quando realizada com ética, responsabilidade e segurança, é uma das actividades mais apaixonante e inebriante.

O nosso gosto pela caça começou bem cedo, durante a infância, quando acompanhávamos os nossos familiares e amigos, tendo-nos sido apresentada como algo de natural e não destrutivo. Daí que o nosso interesse pela caça seja também geracional e familiar.

Contudo, antes de optarmos pela Veterinária, sempre tivemos uma enorme curiosidade pelo mundo animal em todas suas vertentes: o mundo selvagem (em particular o cinegético), os animais de companhia, desporto, lide e de produção, a biologia animal, a conservação e protecção da natureza, etc. Daí a nossa escolha para o futuro ter recaído na Medicina Veterinária. Tudo isto para argumentar, e tendo em conta o nosso código profissional ético-deontológico, que nos sentimos os primeiros promotores da protecção e conservação da natureza, nomeadamente na defesa da saúde e bem-estar animal.

Ninguém, mais que o caçador, está interessado em que as espécies cinegéticas se reproduzam da melhor forma, que sobrevivam com as melhores condições de saúde, de bem-estar e de harmonia com o meio ambiente. Se a isso juntarmos o facto de ser esse também o propósito de um Médico Veterinário (seja qual for o tipo de animal, selvagem ou não), nada mais compatível que estas duas actividades, onde ambas só têm a ganhar uma com a outra, tal como noutras profissões ligadas à natureza (profissões ligadas à Biologia, Ambiente, Agricultura e Floresta) onde temos bons exemplos de caçadores.

A nossa filosofia de caçador, não é aquele que abate indiscriminadamente todos os animais selvagens, agride o meio ambiente com má formação cinegética e cívica e altera de forma grave os equilíbrios biológicos, mas sim um caçador informado, responsável e amigo da natureza, pois só assim poderá coexistir no futuro a caça e o caçador, como sempre existiu desde o início da Humanidade.

Resumindo, a caça é uma actividade para apaixonados pela natureza e mundo animal, onde se interage com ela sem nunca a destruir, promovendo a sua conservação e manutenção. Assim, o veterinário caçador não é uma contradição mas sim algo de natural.
 

 
Imprimir   Imprimir
     
     
     
     
 
 
 
Votos (81)    
 
     

   
     
  Voltar

 
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:0s) © 2004 - 2018 online desde 15-5-2004, powered by zagari