| | 669 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
 
Opinião

Início

Anterior

Próximo

Fim


Torna-se urgente tomar medidas
Caça furtiva ao javali
 

     

Autor: Helder Ramos

27-02-2006 11:20:00

 

   
Enquanto Organizações do Sector da Caça (OSC), as Federações de caçadores têm obrigação moral de expor e cooperar com os serviços oficiais na resolução de todos os problemas emergentes da prática do ordenamento e da aplicação da lei e seus regulamentos.

Perante o actual estatuto “híbrido” dos Guardas Florestais Auxiliares que os condiciona gravemente no que se refere às possibilidades de actuação no terreno e face à recente integração das Brigadas Florestais nos serviços da GNR, torna-se urgente tomar medidas que vão de encontro às reais necessidades de fiscalização no sector.

A prática de furtivismo, com especial incidência sobre o javali, tem vindo a sofrer um vertiginoso aumento, podendo mesmo dizer-se que neste momento se poderá estar a dizimar esta espécie.

Para isto têm contribuído como é sabido as “milharias” que recorrentemente se têm vindo a fazer e nas quais o Estado tem a maior quota parte da responsabilidade uma vez que é o responsável pela sua autorização e, a utilização de laços, que muitas vezes acabam inclusivamente por atingir “alvos” aos quais nem eram destinados ou ferir gravemente as suas vítimas, infligindo-lhes uma morte lenta e dolorosa.


Cerca de 700 armadilhas apreendidas, destinadas à caça furtiva ao javali

No entender da Federação Portuguesa de Caçadores torna-se pois urgente, entre outras coisas, que a tutela reconheça de uma vez por todas uma maior atribuição de competências para os Guardas Florestais Auxiliares ou inclusivamente uma reformulação do estatuto profissional destes trabalhadores, que desempenham um papel fulcral em prole desta actividade.

Helder Ramos
Presidente da Federação Portuguesa de Caçadores
 

 
Imprimir   Imprimir
     
     
     
     
 
 
 
Votos (111)    
 
     

Comentário(s) (3)   Comentário(s) (3)    
    O tempo tem memoria curta.    
    Caro Sr. Hélder Ramos, Sendo eu um in    
    Chamada de atenção oportuna. Urge, de facto, conhe    
   
     
  Voltar

 
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:1s) © 2004 - 2018 online desde 15-5-2004