| | 158 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
 
Relatos de Montaria

Início

Anterior

Próximo

Fim


Montaria da Herdade da Baliza 06/01/07
 

     

Autor: Gilberto Fernandes

19-01-2007 10:10:00

 

No dia 06/01/07 desloquei-me na companhia do amigo António Luiz Pacheco para mais uma montaria, desta vez na Herdade da Baliza, herdade esta afamada pela suas montarias e pelo bem receber dos seus “clientes”.

Postos – 40 a 50 postos
Preço – 200 euros
Tiros – cerca de 50
Reses abatidas – 24 javalis (1 navalheiro) e 2 veados

Após a chegada, fomos gentilmente recebidos pela organização que fez de tudo para nos receber bem e imediatamente fomos vendo caras conhecidas deste “mundo Monteiro” que vamos privando ano após ano.

Pelas 9:00 tomamos um pequeno-almoço reconfortante e pouco depois deu-se o inicio às primeiras palavras de ordem da organização que em poucas palavras mas sábias, nos chamou a atenção sobre normas de segurança e sobre o “cupo”, que era de veados machos acima de 8 pontas e javalis.

Pouco depois retiramos os “envelopes” de cima da mesa e calhou-me o posto 17. Dirigimo-nos para as viaturas que nos iriam deslocar até aos postos e lá fomos nós. Mal cheguei ao meu posto não fiquei muito “contente” visto não me agradar nada, mas alguém tinha que ali ficar e esse era o meu destino. Não seria de certo o melhor posto, mas a montaria é um “conjunto” e nem todos poderão tirar os melhores locais e nem todos podem abater!

Visualizei os postos do lado e pude constatar que estava a vontade. Os postos estavam bem “distanciados” não pondo em perigo os restantes companheiros. Sentei-me no meu banquinho e oiço algo imediatamente ao meu lado e eis que me aparece uma cerva no meio da estrada dos eucaliptos a cerca de 10 metros de mim. Era enorme! Bonita e confiante parou e olhou para mim. Meio segundo depois dá um salto e desaparece pelos eucaliptos fora. Bonita imagem!

A montaria lá decorreu, e os disparos foram-se ouvindo um pouco por todo o lado. No meu posto só mesmo cervas um vareto e um porco pequenote que deixei crescer mais um pouco. Fiquei um pouco triste porque mais uma vez não tive oportunidade de disparar a um “veadinho” mas a vida de Monteiro é assim!
Melhores dias virão!

Após a chegada ao monte fomos recebidos com uma canja de “sonho” e uma almoço que estava excelente. O convívio estava do melhor e mais uma vez tenho que agradecer ao Pedro Delgado e seu irmão pela amabilidade que teve para comigo.

No quadro de caça podia-se ver bem alinhados como manda a tradição monteira 24 javalis, entre eles um navalheiro, nada de especial, mas um navalheiro.
Relativamente aos veados apenas um com 10 pontas (nada de especial) se encontrava estendido no quadro de caça. Os rumores é que tinham sido abatidos dois! Pouco tempo depois chegou a notícia de que tinha sido abatido um vareto. Fiquei “triste”.
Mais uma vez tenho que dizer que é de lamentar tais actos, ainda por cima numa montaria em que o Clube Português de Monteiros reservou 15 postos para os seus associados.

Parabéns á organização!
 

 
Imprimir   Imprimir
     
     
     
     
 
 
 
Votos (67)    
 
     
   
     
  Voltar

 
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:0s) © 2004 - 2019 online desde 15-5-2004